quinta-feira, 5 de novembro de 2009

CIÚME

A Ana Rita, que todos os que me têm honrado com a sua presença neste meu cantinho, onde “passo” algumas horas da minha vida, sabem que é minha filha. Uma filha Mulher que vejo muitas vezes pequenininha, zangada, com os lábios franzidos, esticados para a frente, fechando-se no quarto, onde nunca a íamos buscar porque sabíamos que a crise passava, quanto mais não fosse, quando tivesse fome ou vontade de ir à casa de banho. Foi alcunhada pelo irmão de miss Piggy ( o cor de rosa e os lábios bem esticadinhos para fora), de modo que quando se zangava lá dizíamos:” a miss Piggy está em recolhimento…!”
O tempo passou, mas tal como acontecia no passado, ela ainda é um pouco (?) ciumenta de tal modo que o que publiquei num e noutro posts passados a fez reagir. Este meu testemunho é uma resposta a essas suas reivindicações, esteve no nosso espelho e é o primeiro dos que por lá passaram dela. A data não estranhem, nessa altura o Dia da Mãe comemorava-se no dia 8 de Dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição.

Ela já nem se deve lembrar desta folhinha, a sua ingenuidade de menina está nele bem patente. Especialmente para ti minha querida menina, chatinha miss Piggy! Os teus lábios são lindos, sabes muito bem…!

22 comentários:

  1. Ciumenta não, curiosa!!! Já tinha queda para a pintura, olhem lá que corações tão bonitos :) E para dar graxa também! Eh, eh, eh! Eu também tenho uma miss Piggy em casa (nisso é parecida comigo!) Beijinhos amuados!

    ResponderEliminar
  2. oh...que amoroso! Tem uns filhos fantasticos, não tem?

    ResponderEliminar
  3. Querida Ana e eu não vi, há dois dias, entrar-me pela casa dentro uma "pirralha", disparada, sem me cumprimentar, entrar no meu quarto, fechar a porta. Encontrei-a sentada na minha cama de braços cruzados e beicinho espetado... também "ficou lá"
    (Des)amua querida, já não tens idade para isso...
    Beijinos embrulhados para ti!

    Querida Lia, são uns adultos maravilhosos, mas nem tudo é um mar de rosas...Temos é a serenidade e o bom senso de aproveitarmos os momentos bons ao máximo.
    Uma mão cheia de beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  4. Navegando sem ruma com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura e enauqnto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam.
    Se gostar da minha proposta, siga-me.
    Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
    Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
    Saudações Florestais !

    ResponderEliminar
  5. Minha querida Maria Teresa;

    De uma coisa eu sei perfeitamente, os filhos têm o "dom", de nos fazer sorrir, com as suas gracinhas, o "dom" de poder ver o quanto eles nos deixam felizes apenas com um olhar, um sorriso, uma birra.. Enfim..
    Apesar das "dores de cabeça" que por vezes nos dão,(porque às vezes chegamos a por em causa se estaremos a dar realmente a melhor educação).
    E é quando chegam à idade da sua filhota Ana Rita, que vemos que valeu TUDO a pena e que tudo faz igualmente parte das suas existências.

    Beijinho grande ** para a mamã e filhota*

    ResponderEliminar
  6. Querida Olhos Dourados, cheia de ingenuidade...
    Beijinhos embrulhados para si!

    Querido Amorfo de Melo, folhinha bonita, pregadinha com fita cola no meu Livro em Branco há 27 anos... ( Bolas! Tanto Tempo!)
    Beijinhos embrulhados para si e para o Gracindo!

    Querida A Invisível, é Mãe! Vai colher frutos bem madurinhos daqui por uns aninhos, que passam muito depressa, eu colhi...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  7. Maria Teresa:

    Estes pedaços puros de amor e carinho que nos deixa ver aqui são balões de oxigénio para o meu quotidiano intoxicado.
    Muito obrigado!

    ResponderEliminar
  8. Querido Disse e as suas palavras incentivam-me a dar continuidade a estes testemunhos... que felizmente fui guardando com o decorrer do tempo.
    Eu é que tenho que lhe agradecer.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  9. Olá Maria Teresa
    Quer dizer que a nossa Rita têm mau feitio....hehehehe
    A Ana Rita é um ser Maravilhoso disso eu já tenho certeza, apesar de não nos conhercemos pessoalmente.
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
  10. Eu também gostava muito que a minha mãe me fizesse um post destes mas nem todos têm a mesma sorte...:-)

    ResponderEliminar
  11. Maria Teresa
    Parabéns por esta bela e ternurenta postagem de afectos.
    Para mim o dia 8 de Dezembro,foi,é,será sempre, o dia DIA DA MÃE.
    Bjs
    G.J.

    ResponderEliminar
  12. Um beijinho para a miss piggy e para a mãe que guardou estas preciosidades.

    ResponderEliminar
  13. o ciúme de uma criança será sempre reflexo do imenso amor que nos tem, recordar isso é viver mais mil anos.

    ResponderEliminar
  14. são os nossos melhores presentes...os mimos das nossas "gatinhas"
    um beijo

    ResponderEliminar
  15. Com oito verdes anos a sua filhota já manifestava lampejos de veia poética e dote artístico.

    Momentos de ternura impressos numa folha de papel amarelecida pelo tempo.

    Beijinho e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  16. Querida Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer, mãe sofre! Principalmente quando uma filha trepa por nós acima, com o perigo de nos derrubar, com ciúmes por prestamos alguma atenção ao outro filho :):):)

    Querida chapéu de sol amarelo de certeza que a sua mãe também gostaria de escrever um post sobre si, e teria coisas lindas a dizer, mas não o faz porque certamente alguma "razão" forte a impede...

    Querido Gaspar de Jesus tem razão, sinto o mesmo em relação à data do Dia da Mãe, tinha um "quê" diferente. Somos testemunhos vivos de um tempo em que não havia tantos "dias de..."

    Querida Eva estas "preciosidades" e outras afins, são vitais para continuar a querer VIVER E AMAR, dão-me a força que me permite ser HUMANA...

    Querida A Magia da Noite também não quero viver tantos anos mais... Estou a brincar, o que escreveu é lindo!

    Querida/o uminuto como me entende, se são... e depois de adultas são as nossas âncoras...

    Querido Demóstenes parabéns! Para uma ex-professora de Matemática, é sempre uma felicidade detectar quem está atento e sabe operar ( com algarismos). Exactamente 8 aninhos ... hum ... que saudades que me invadiram agora...

    Para todos um MUITO OBRIGADA pelos vossos comentários! Aqui vão mãos cheias de beijinhos embrulhados...


    BOM FIM-DE-SEMANA!!!!!!!

    ResponderEliminar
  17. Sempre pensei que havia sido professora de português...

    Para o bem e para o mal carrego em mim, ajoujado, este fado de ser perspicaz observador.

    Beijinho para si.

    ResponderEliminar
  18. Querido Demóstenes acabaste de me dar um elogio, a minha escrita consegue "enganar-te"?
    Eu explico, sei que escrevo razoavelmente, ou pelo menos sempre tive uma necessidade louca de escrever, mas quem se dá comigo raramente acredita que estou profundamente ligada, não só à Matemática, como à Física, à Química, à Biologia e à Geologia.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  19. Que dedicatória mais amorosa:)
    Eu tenho sempre comigo um cartãozinho que eu fiz com um desenho e uma dedicatória para a minha mãe, também num Dia da Mãe em 1987...de vez em quando vou relê-lo. Lembro-me da minha infância feliz, quando ainda a tinha comigo!

    Beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  20. Querida Charlotte, há mães que partem demasiado cedo. A minha partiu já com 85 anos e faz-me tanta falta...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar