quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

A CAIXA

Do nada apareceu cartão, cartolina, tecido, tesoura e cola…era o meu início, aos poucos, numa dança a vários ritmos, estes materiais dançaram numas mãos macias.
Desde que fui concebida até ao momento do meu nascimento decorreu muito pouco tempo, suponho eu, que de horas, minutos, segundos, não percebo nada. O que aprendi bem, foi a compreender os sons emitidos pelos humanos.
Pouco depois do meu nascimento, uma voz disse: “Não estou a gostar! Não estou a gostar nadinha! Falta um pormenor, falta qualquer coisa, mas o quê?”
Gavetas abriram-se e fecharam-se, a voz resmungava, não entendia as palavras pronunciadas, de repente, até me assustei, as mesmas mãos cingiram-me com uma fita verde, um lacinho e ouvi dizer: “Agora sim! Estás linda!”
Como me senti vaidosa! A dona da voz e das mãos sentou-me numa impressora, na altura não sabia o que era o meu assento mas, como sou inteligente e esperta, entendi rapidamente o que era. E ali fiquei, até que comecei a sentir que algo de estranho se passava, sabia que podia ser útil mas não era usada, estava afastada de outras caixas colocadas sobre uma mesa, muito diferentes de mim, que via serem abertas e fechadas! Porque seria? Estava curiosa!
Finalmente consegui saciar a minha curiosidade ao escutar uma conversa. Aquela que eu já considerava a minha dona falava de mim e dizia: “é a caixa que fiz para a Rute, ficou muito bonita, não ficou? Só vou dar-lha quando reiniciar a equitação, blá, blá, blá,…”
Exultei, afinal eu estava de passagem, estava à espera de ter uma dona que me usasse, para a qual eu fosse e me sentisse útil, eu era e sou um Beijinho Embrulhado!

16 comentários:

  1. Ficou muito bonita, sim :)
    um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Gábi o verde da fita é mesmo verde, na foto parece azulada!
      Eu também gostei! Como muito bem sabe, nem tudo o que fazemos fica exactamente como queríamos... esta ficou!
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Querido João isso queria eu! Num maneio mágico fazia desaparecer uma série de incompetentes ... mas por muito que me esforce, não consigo:):):):)
      Beijinhos embrulhados para ti!

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Querida Marta muito obrigada pelos votos e pela declaração de que me está a seguir!
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  4. Querida maria teresa,

    É tão bom fazer umas coisas a quem alguém atribui um valor fora do comum só porque foram feitas com muito amor e carinho.

    A caixa ficou linda... como tu, aliás

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Tite já somos duas, não é verdade? Gosto tanto de dar aquilo que temos de precioso, para além dos afectos, pedacinhos do nosso tempo de vida para "construirmos" pequenas coisas, sem grande valor material, e dedicá-las àqueles que "amamos"!
      Beijinhos embrulhados para ti!

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Querido Mar muito obrigada!
      Beijinhos embrulhados para ti!

      Eliminar
  6. O texto está muito original e a caixa está linda, acho que a Rute vai adorar. Um embrulho de beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida R. muito obrigada! A Rute gostou sim!:):):) Se ela não gostasse "roubava-lha":):):)
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  7. Querida Teresa que embrulhas beijinhos e também me "embrulhaste" na fita verde que parece azul.
    Venho aqui para me lamentar, não leves a mal. Eu sei que gostas muito da Rute e por isso me fizeste tão apresentável, que toda a gente me e te gabou (a minha beleza e as tuas mãos). Acontece porém que a Rute já me tratou mal duas ou três vezes, na 1ª dei um trabolhão duma cadeira abaixo, até desloquei um braço, perdão, o laço. Da 2ª vez levou-me para a equitação e aí o caso foi mais grave, caí do cavalo abaixo, nem te digo como fiquei. Um tal cavalo a que chamavam Bonito, correu para mim, cheirou-me e disse para quem quis ouvir: "hum, isto cheira-me à traidora Teresa que me trocou por outro". Depois com o focinho deu-me um piparote e foi-se embora. Fiquei toda amolgada, da queda e do piparote. Portanto querida Teresa, que me fizeste com tanto carinho com essas mãos jeitosas, dá uma palavrinha à Rute (eu sei que gostas muito dela, mas tu sabes como lhe hás-de falar) para ver se a minha vida passa a ter mais qualidade do que a que tive nestes primeiros dias. Em último caso, se achares que as minhas mazelas requerem os teus cuidados, leva-me contigo e, depois de já recomposta e de laço outra vez no sítio, esquece-te de a devolver e deixa-me ficar contigo. Era o que eu mais gostava.
    Como não sei dar beijinhos assim como tu, deixo só este meu sorriso lindo, embora agora um pouco triste. :)
    PS: Como sabes, não me ensinaste a escrever e a trabalhar com essa maquineta que aí tens e então pedi ao meu já amigo Carapau para escrever e publicar este comentário, para ti, mas fui eu que lho ditou. Ele é um querido, sabias?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Caixa deves estar com saudades minhas, caso contrário não me tinhas escrito. A fotografia não está famosa, a tua fita é mesmo verde, um verde bastante bonito! Conheces o espelho do Carapau? Mira-te nele e vais ver como estou a falar verdade.
      Eu creio que estás a exagerar um bocadinho no tratamento que a Rute te está a dar e isso é muito feio. Pode ter acontecido que uma das crianças te tenha deixado cair, mas foi certamente sem querer.
      O Bonito tem alguma razão, alguma apenas, ainda na quinta feira lhe fiz festinhas e ele encostou a cabecinha (cabeçorra) à minha cara, como vês não está tão zangado como dizes.
      Tu és um "beijinho embrulhado" não podes ser devolvido, na melhor das hipóteses podes ser retribuído:):):)
      Vá lá sorri! O teu sorriso é lindo e não ficas enrugada!
      Vou contar-te um segredo, o espelho do Carapau contou-me umas histórias sobre ele de bradar aos céus, eu estou a encher-me de coragem para fazer queixa dele ao dono, um espelho deve guardar segredo da intimidade dos que o usam. Não achas?
      Sem dúvida que o Carapau é um querido e vai ficar magoado por saber que o espelho é um "cusca" descarado, mas ele tem que saber quem são aqueles com quem lida.
      Uma festinha para ti! Na próxima 5ª feira vou visitar-te.
      Não sei como enviar beijinhos embrulhados a um beijinho embrulhada, é um pouco confuso até para a minha mente brilhante :):):)Porta-te bem! Não me envergonhes!

      Eliminar
  8. Adorei esta "conversa". um embrulho de beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida R. suponho que não me enganei:):):) Gostou da troca de galhardetes entre mim e a Caixa? :):):)
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar