quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

DESCONHECIDO

Meus passos cadenciados ecoam num corredor deserto!
Meus pensamentos fluem levados por uma suave brisa!
Não os retenho…
Prossigo a minha viagem!
Desconheço o meu destino…

19 comentários:

  1. Passando pela net encontrei o seu blog, estive a folhear achei-o muito bom, feito com muito bom gosto.
    Amiga Maria, mas ainda bem que desconhecemos o caminho, assim a cada dia podemos descobrir coisas novas.
    Tenho um blog que gostava que o conhecesse e se desejar faça uma visita ao peregrino E Servo
    Que haja paz e saúde no seu lar.
    Sou António Batalha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido António muito obrigada pela sua visita! Penso ser bom desconhecer o destino, o caminho posso ir escolhendo...
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  2. Estas palavras parecem o início de uma aventura, no sentido positivo com que aparece no Hobbit (gosto muito de Tolkien e dos filmes O Senhor dos Anéis e agora o Hobbit).
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Gábi neste momento também considero a vida uma aventura, cada vez faço mais "arrisco" mais, ... vou pensar num destino a que gostaria de chegar:):):)
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  3. Não conhecer o destino até é bom, Maria Teresa. O problema é não podermos planear o futuro...
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Carlos há uns anos que deixei de planear o futuro (agora ainda menos planos faço) e concordo consigo, é bom desconhecermos o destino.
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  4. Um aviso: não se deve andar com o passo muito cadenciado em certos locais, pois isso pode conduzir ao colapso do local (p. e. numa ponte).
    Tirando isso é sempre tiro e queda. Só não sabemos quem atira e onde caimos.
    E como o comentário está a sair muito sério e mau, fico por aqui. :))
    Bjo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Carapau agora vais ensinar-me a caminhar? :):):) Era o que faltava!:):):)Eu não penso muito no meu destino, saiu-me esta mas nada de angustiante!
      Tirando isso, uma notícia em primeira mão, já ando a cavalo fora do picadeiro, ando por veredas e esta hein?
      Beijinhos embrulhados para ti!

      Eliminar
    2. Se calhar os "passos cadenciados" que tu ouviste já eram os do cavalo...
      Daqui a pouco estás pronta para entrar nuna caçada à raposa, lá na velha Albion!
      Isso de andar a cavalo pelas veredas tem que se lhe diga. Acautela-te com os ramos baixos das árvores, senão lá se vai a tola (tola com "o" aberto e não com ele fechado, como é mais que óbvio). :))
      Bjo.

      Eliminar
    3. Querido Carapau os "meus" cavalos não andam a passo, só a trote ou a galope!:):):)
      Caça à raposa jamais, gosto muito de animais, o bastante para nunca os caçar, fisgar ou pescar:):):) Mas essa da velha Albion agrada-me, porque não me hei de mudar para lá?
      Quanto à tola, eu não sou tola, ando de toque, a minha cabeça está bem protegida mas, mesmo assim, vou ter cuidado e agradeço a "preocupação"!
      Beijinhos embrulhados para ti!

      Eliminar
  5. Também desconheço o meu mas, vou continuando...talvez a gente se cruze...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Lilá(s) muitas pessoas acreditam num "determinado" destino, eu não acredito e considero bom não o conhecer, vou caminhando e "arriscando" todos os dias, preciso é que me deixem "respirar" e que respeitem a minha independência.
      Talvez nos cruzemos sim...não há impossíveis!
      Beijinhos embrulhados para si!



      Eliminar
  6. Respostas
    1. Querida S* se é! Viver ao sabor do momento...
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  7. Navegando encontrei este espaço, vou ficar e acompanhar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Nita muito obrigada pelos votos que retribuo,muito grata pela visita.É bem vinda! Volte sempre que quiser e puder!
      Beijinhos embrulhados para si!

      Eliminar
  8. O teu destino, Maria Teresa,é continuar a encarar a vida da forma como a encaras, com optimismo e vontade de viver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido João tens toda a razão! :):):)
      Este poste foi um desabafo, sem grande angústia, sem me sentir deprimida...:):):)
      Beijinhos embrulhados para ti!

      Eliminar