domingo, 6 de fevereiro de 2011

SEM SOFRIMENTO

O sol surgiu no horizonte, primeiro tímido com um acordar lento, depois esplendoroso, em toda a sua plenitude de um sol de Primavera, quase Verão.
No meu jardim esvoaçava uma borboleta, parecia perdida, em busca de algo…
Perguntei-lhe: que procuras frágil borboleta?
- Uma flor campestre, respondeu-me ela.
Prometi que iria ajudá-la e que encontraríamos flores que nunca ninguém tinha visto. Iríamos por uma vereda, escondida nos sonhos, que nos conduziria a um AMOR sem sofrimento, protegido por uma cercadura diáfana de flores sem nome…

40 comentários:

  1. Querido Paulo uma promessa que vou "procurar" cumprir:):):) Começo a ficar triste de ler tanto sobre amores muito sofridos!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  2. O amor tem várias facetas e às vezes traz sofrimento; não consigo ainda entender o motivo, mas, curiosamente fala-se muito mais do amor com sofrimento do que aquele que sá traz alegria; nunca sofremos pelo amor que dedicamos a uma causa, à natureza, ao trabalho, aos amigos de verdade, aos nossos familiares; o amor que dedicamos aos que precisam de ajuda, aos que precisam de uma simples palavras de consolo; esse tipo de amor só nos preenche e dá-nos uma felicidade imensa; depois há aquele amor correspondido, respeitado, cumplice que nos faz viver com vontade. Claro, há o amor não correspondido, mas esse, apesar de causar dor, tem que ser descartado; custa, mas, há que curar a ferida e seguir, pois outro há-de aparecer. Mas, já reparou que até os poetas cantam mais o amor sofrimento do que o amor que nos enche a alma?. Beijinhos e espero que tenha uma bela semana, cheiinha de amor para dar e receber.
    Emília

    ResponderEliminar
  3. Querida Emília foi para tentar "combater" essa tendência de ver tantos escritos sobre amor sofrido que este post me surgiu na mente...
    Sou totalmente a favor do Amor sem escolhos! E sei que existe...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  4. Querida Red vais ser a primeira a saber:):):)
    (estou a pensar em "cobrar" a informação)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  5. Acho que quem ama acaba sempre por sofrer um bocadinho, porque ninguém é perfeito nem ninguém é imune aos erros. :)

    ResponderEliminar
  6. Boa noite! o nome do seu blog é lindooooo. Agora tô aqui te seguindo. Parabéns!!
    Carla Fernanda

    ResponderEliminar
  7. Querida S* é bom sonharmos que a perfeição pode existir...principalmente no caso do AMOR!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  8. Querida Professora seja bem-vinda a este cantinho.
    Muito obrigada pelas suas gentis palavras... Volte sempre será bem recebida!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  9. De certeza que vão encontrar flores lindas e já mais vistas!

    ResponderEliminar
  10. Querida Patty temos que acreditar que vamos...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  11. Amor sem escolhos?
    Se encontrar, diga-me.

    Atrasados, Parabéns ao seu netinho.

    Um beijinho.
    Kao.

    ResponderEliminar
  12. Querida Kao sonhar é sempre possível...:):):)
    Muito obrigada!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  13. Querida Olga muito obrigada!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  14. "Há momentos na vida em que nos deveríamos calar... e deixar que o silêncio falasse ao coração; Pois há sentimentos que a linguagem não expressa... e há emoções que as palavras não sabem traduzir..
    Bjs com carinho

    ResponderEliminar
  15. Para quando um livrinho?
    Matéria prima não te falta e ainda menos, inspiração para mais...

    ResponderEliminar
  16. Queridos Naty e Carlos ambos dão a imagem que sabem muito sobre o assunto...:):):)
    Beijinhos embrulhados para ambos!

    ResponderEliminar
  17. Querido Pinguim vê-se mesmo que estás a atravessar uma adolescência muito romântica, a ideia de escrever um livrinho dá-me vontade de rir e de fugir, eu sou uma escrevinhadora que não posso ter "rédeas" na minha imaginação e que decidiu entrar um bocadinho pela ficção...:):):)

    ResponderEliminar
  18. O amor, sempre. E que bem o retratas/sentes/transmites.
    Beijinho SEM embrulho.

    ResponderEliminar
  19. Caríssima Maria Teresa!
    Encontrei dois pequenos senões no teu escrito. Um diz respeito ao pouco tempo de vida que as borboletas têm. Ainda o amor não começou e já a borboleta se finou.
    O outro diz respeito ao "amor sem sofrimento", que é coisa que não existe. Um grande amor tem de ser sofrido, amargo, lacrimoso e ranhoso. Sobretudo ranhoso. :-)
    Boa semana, a caminhar pela vereda...
    Bjo.

    ResponderEliminar
  20. Ei que delícia de post, olha a promessa heim, depois quero saber se se encontraram. Beijos no coração querida. Tem selinho para você no meu blog passe por lá. Beijinhos no coração querida.

    ResponderEliminar
  21. Querida Terezoca o AMOR devia existir em todos os actos da nossa vida... Se a humanidade se "amasse" não havia tanta crueldade, tanta coisa má...
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  22. Querido Carapau em ti há mais senões ... então tu não "bês home" que isto é "puezia" da "piura", é passado no "reinu" dos sonhos, dos desejos, dos afectos,...ai, ai, ai, ai :):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  23. Querida Vidaslife vou fazer os possíveis por encontrar...em sonhos certamente que sim!:):):)
    Muito obrigada, vou passar pelo seu blogue e buscá-lo.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  24. Está chegando o tempo delas. Das borboletas, das flores e dos amores de quase Verão.

    ResponderEliminar
  25. Querida Pitanga as tuas palavras fazem-me suspirar...
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  26. Maria Teresa
    Eu faço questão de também ir a essa vereda, encontrar belas flores e ajudar a linda borboleta.
    bjs
    g.j.

    ResponderEliminar
  27. Que Primavera neste blog... Bem apetecida! As flores, as cores, os cheiros e os amores.
    Que bom ter lido este post. Concordo consigo, chega de amores sofridos, impossíveis!
    Que venha a réstea de sol e que esta aqueça os corações mais gélidos e faça renascer a vontade de amar plenamante, sem medos, sem tabus.
    Que os corações se encontrem finalmente
    bjs e tudo de bom

    ResponderEliminar
  28. Querido Gaspar todos podemos ir...basta saber sonhar:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  29. Querida CF obrigada por "apoiar" este meu sonhar...
    Lindos desejos os que expressa!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  30. Querido Carlos isso só se saberá quando lá se chegar:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  31. Dag Maria Teresa

    Complimenten voor uw zeer mooie blog,
    't is geweldig mooi.

    Groetjes uit Nederland, Joop

    ResponderEliminar
  32. Dag Zoop
    Zeer verplichete
    Verpakte omhoog kussen

    ResponderEliminar
  33. Há algumas flores, no reino dos sonhos que são invisiveis, e destas apenas se sente o perfume! algumas têm sombra também, mas apenas sombra...

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  34. Querida Flor e é tão bom podermos sonhar com isso...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  35. Ah!!!!! Uma vereda escondida nos sonhos. Só pode, né?

    Pelo sim, pelo não vou continuar a cuidar do meu jardim -:)))

    ResponderEliminar
  36. Querida Tite isso mesmo...pelo sim, pelo não, pode ser que encontres a minha borboleta e a tal vereda:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar