quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

AMIZADE VIRTUAL

Nos dias de hoje constroem-se “amizades” através da virtualidade? Acredito que sim! O contacto com pessoas que nunca “vi” faz-me rir, chorar, pensar, reflectir, sonhar,…
O coração aperta-se quando sinto que do outro “lado” está um ser em sofrimento ou alegra-se quando sinto que o outro alguém está passando excelentes momentos de vida.

Este “tipo” de amizade constrói-se com pequenos momentos, aqueles que passo a ler os vossos textos, os vossos comentários, os vossos e-mails, …São pedacinhos de tempo que vivo convosco, sem vos conhecer fisicamente, mas posso idealizar-vos…e idealizo. Não é importante medir este tempo, importante sim é a qualidade dos pensamentos, dos afectos, dos saberes, das experências que trocamos…
Com a “amizade virtual” aprendi a gostar de pessoas sem as julgar pela aparência física, como algumas vezes o faço inconscientemente.
“Foi o tempo que passaste com a tua rosa que a tornou tão importante”(Saint-Exupéry). O tempo que passo com cada um de vós aqui, torna-vos muito importantes … tão importantes que, se neste momento, deixasse de vos contactar, sentir-me-ia infeliz.


Sinto-vos perto mesmo que estejam muito longe…

52 comentários:

  1. Fazem-se Amizades e até muito mais que isso!!!!

    ResponderEliminar
  2. Querido Pinguim tu és um bom exemplo disso!
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida! Partilham-se tantos pensamentos, sentimentos, pequenas coisas diárias, que acabamos por nos sentir muito próximos de pessoas que nunca vimos. E, nas vezes que acabei por conhecer mesmo as pessoas pessoalmente, a sensação foi de que já as conhecia há muito tempo. E isto é bom:-)

    ResponderEliminar
  4. Querida EC connosco a virtualidade deixou de existir...temos que ter tempo para alimentar a AMIZADE REAL.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  5. Querida Ana já passei também por essa experiência e a realidade tem superado a virtualidade...
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  6. Querida Amiga

    É verdade!
    Como sem querer nos sentimos acompanhadas, sobretudo por pessoas que sem conhecermos nos confortam.
    Oxalá continuemos a percorrer em conjunto este caminho com a alegria e disponibilidade que nos tem caracterizado.
    Agradeço esses momentos e podes confiar na minha presença e amizade.
    Um beijinho
    Licas

    ResponderEliminar
  7. Também eu já "saí" várias vezes da folha de papel para te "abraçar". Talvez duma maneira canhestra, que as escamas e barbatanas não ajudam muito ao gesto. Mas fi-lo com sinceridade.
    Tenho discorrido várias vezes em conversas com vários amigos/as virtuais sobre o tipo de relações que aqui se criam (na internet, "latus sensus", não me refiro só aos blogs).
    E acho deveras curioso o fenómeno. Por exemplo, tu para mim (que somos "algumas vezes" vizinhos e não nos conhecemos pessoalmente) pertences à minha "família", daí que eu esteja tão à vontade para deixar aqui coisas, que muitas vezes o bom senso ou o bom gosto não aconselhariam.
    Como p. ex. este comentário que é maior que o post. Maior em tamanho que não em estilo e conteudo, mas isso já resulta da falta de unhas (que carapau não tem) para tocar certas guitarras.
    E, assim sendo, hoje fica aqui uma abraço e uma beijoca repenicada.

    ResponderEliminar
  8. Querida Licas eu sei que sim,vejo em ti um ser cheio de sensibilidade, eu também estou ao dipor de todos os que por aqui passam...para os bons e menos bons momentos, esperando que sejam "muitos mais" os "bons mesmo bons".:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  9. Querido Carapau entre nós há uma enorme cumplicidade, uma cumplicidade virtual é certo, mas muito "saborosa" (o cheiro a peixe é que às vezes não é muito agradável, mas enfim..., como gosto muito de ti, suporto-o)!
    Deixa aqui o que quiseres...menos as barbatanas e para a próxima deixa um beijo menos repenicado que esse deixou-me a ouvir estalinhos:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  10. Querida Maria Teresa, escreveu e (tão) bem o que eu sinto :)
    Bem haja por este texto e pela sua amizade.
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  11. Querida Manuela creio que todos os que andam pela virtualidade de coração aberto sentem o mesmo...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  12. É um mundo diferente. Mas o que importa é a troca.
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  13. Aqui trocam-se ideias e sentimentos, quando falamos com sinceridade, é dos melhores sítios que há para estabelecer afinidades e com isso, acaba sempre por surgir uma certa amizade :)
    Eu considero-a uma amiga e eu, uma privilegiada por "conhece-la"
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. (bolas, acabei de apagar o meu comentário antes de o enviar...)
    Recomeçando, eu também tenho feito "amigos" por aqui, a Maria Teresa é uma :)
    É um privilégio podermos apreender as pessoas pelas ideias que têm e não pelos "pré-conceitos" que a convivência cara-a-cara originam.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. maria teresa:

    Um beijinho virtual também tem as suas virtualidades!

    ResponderEliminar
  16. Saberá a menina maria teresa dizer-me como se comenta um post destes?!
    De facto, é extremamente curioso como nos vamos aproximando de pessoas que não conhecemos, como vão surgindo simpatias, afectos, partilhas, afinidades das quais resulta a tal amizade virtual - uma realidade dos nossos dias - mas muito sentida por muitos de nós, muito autêntica, muito genuína.
    E sentimo-nos bem, e sentimo-nos acarinhados/acompanhados, por vezes extremamente enriquecidos.
    Um grande beijinho e, faça a menina maria teresa o favor de estar sempre por aí. É que faz-me (faz-nos) falta.

    ResponderEliminar
  17. MARIA TERESA, entendo você, pois mesmo sem conhe
    ce-la pessoalmente, tenho amizade, enorme simpa-
    tia e carinho por você.

    Beijos amistosos

    ResponderEliminar
  18. Querida Maria Teresa,

    realmente assim como você tambem eu encontrei aqui essas amizades virtuais,que confesso ,sempre me fez alguma confusão antes de por aqui neste mundo virtual,navegar.
    Mas sim,como você o disse,encantei-me com os amigos que fiz mesmo que virtualmente,sinto que são amizades sinceras,pois aquelas que não o são passam,como na vida real.
    Tambem eu gosto de idealizar cada um de vós que não conheço,apenas pelas palavras,pelos sentimentos e muitas vezes acredito que aqui as pessoas conheçem mais o nosso interior,passando a ser mais importante do que o aspecto fisico.
    São momentos agradáveis que aqui passo,apesar de ser uma pessoa bastante sociavél e adorar conviver pessoalmente com as pessoas,mas tambem o que por aqui encontrei e permanece ao longo deste tempo é bastante agradavél para mim.
    da minha parte o meu Obrigada pelo carinho que senti nestas suas palavras e pela parte que me toca.Espero retribuir sempre da mesma maneira embora á minha maneira:)

    Bjinho cheio de luar

    ResponderEliminar
  19. Peço muita desculpa, por ainda não ter retribuído, a quem me desejou Feliz Natal e Bom Ano Novo! Mas devido as circunstâncias menos felizes no seio familiar, não tenho tido disposição, nem tempo para este espaço.
    A minha mãe encontra-se internada desde o mês passado, numa unidade do IPO, onde foi submetida a uma intervenção ao cólon. Tenho esperança na sua recuperaçã0, mas só o tempo o dirá!
    Mas como uma desgraça nunca vem só, tenho sido submetida a várias pressões laborais, principalmente desde que souberam que a minha mãe se encontra doente, é caso para dizer que não há nada como a solidariedade portuguesa.....mas é assim que se vê, como vai a nossa sociedade em tempo de crise, cada um por si e se para subir, for necessário afundar os outros, no problem! Talvez o Mundo esteja mesmo a precisar de uma limpeza e talvez mereçamos o Mundo que temos.
    Apesar do atraso, venho aqui desejar a todos os blogers, um Feliz 2011! E acreditem que a saúde, ainda é a maior riqueza que podemos ter!
    Beijinhos missixty (susana)

    ResponderEliminar
  20. Boa noite minha boa amiga, ainda que virtual.
    rsrsrs
    bjs
    G.J.

    ResponderEliminar
  21. Sem dúvida que se cria uma grande ligação =) É uma das coisas fantásticas do mundo dos blogs!

    beijinho e bom ano!

    ResponderEliminar
  22. Confesso que a principio assustava-me imenso este tipo de partilha, mas depois pensei: "o que é a vida sem uma pitada de desafio ou risco?"
    Lá me aventurei e tenho aprendido muito sobre "pessoas". Na verdade, no mundo virtual , a aparência não existe, mas as palavras que se lêem podem permitir fazer juizos e idealizações acerca das pessoas que podem não corresponder à realidade... julgo que pessoas adultas podem assumir estes riscos, mas como mãe preocupa-me que alguns jovens possam ser enganados, como bem sabemos que acontece.
    Acho que este assunto daria pano para mangas em termos de reflexão...talvez a justa medida de tudo quanto fazemos seja a solução???
    No seu caso em particular tem sido um prazer descobri-la e trocar ideias consigo, pois encontro muitas semelhanças e algumas divergências que me fazem (re)pensar certos aspectos!!!
    Seria interessante se um dia nos encontrássemos, membros deste espaço para uma tertúlia...
    Será que ficariamos surpreendidos ou nem por isso???!!!! eh eh eh eh eh

    ResponderEliminar
  23. Como a compreendo...já fiz muitas amizades assim!
    ;)
    beijinhossss

    ResponderEliminar
  24. o melhor do mundo virtual é fazermos amigos, rirmos com eles e dar apoio como se fossemos amigos em contexto "real". O melhor é ter amigos virtuais mais amigos que os do contexto "real", é bom saber que há alguém algures por aqui que quer o nosso bem.

    Bjokas*

    ResponderEliminar
  25. tem piada já tinha pensado nisso.
    e acho que a amizade virtual blogosférica é mais verdadeira, pela partilha de sentimentos e ideias.

    ResponderEliminar
  26. Maria Teresa,

    Sou crente por natureza no «outro», e acredito na amizade virtual. A virtualidade permite a expansão da verdade, da sinceridade, do que o «real» tende a não entender. Mas, sabendo disso, infelizmente existem pessoas que armadilham este nobre espaço.

    Bjs e um Bom Ano!

    ResponderEliminar
  27. Um excelente 2011 para si!!

    Do seu amigo virtual.

    Beijos

    ResponderEliminar
  28. Querido Paulo um mundo bem diferente, quando nele entrei ficava muitas vezes confusa...hoje aprendo muito e sei separar as "águas".
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  29. Querida Mariana e o seu comentário chegou em dois capítulos, foi diferente e isso permite um sorriso...
    Sinto-me grata por a ter como amiga, devo confessar que no início pensava que os mais jovens do que eu (só um bocadinho:):):)) não "aparecessem", hoje sei que estou enganada. Pela blogosfera andam pessoas de todas as idades com interesses variados mas todas muito "ricas" nos seus afectos, saberes e modos de encarar a vida.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  30. Querida Especialmente muito obrigada por ter deixado um rasto da sua passagem.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  31. Querido Rouxinol é um beijo carinhoso sem dúvida.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  32. Querida Terezoca e como se comenta e agradece um comentário como o teu?
    Apareceste, ficaste e sei que vais permanecer...muito obrigada!
    Beijinhos SEM embrulho para ti!

    ResponderEliminar
  33. Querida Paloma um oceano nos separa, mas essa distância é transponível com imensa facilidade, o nosso modo de ser coloca-nos muito perto. estamos ao lado uma da outra.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  34. Querida Moonlight aqui deixamos ficar em registo parte do somos verdadeiramente, somos todos iguais nas nossas diferenças, mas enriquecemo-nos mutuamente.
    Também tenho uma vida real preenchida mas os bocadinhos que passo a ler-vos são muito agradáveis.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  35. Era eu em "xabalito" (desculpem a linguagem nortenha), nos tempos em que não existiam telemóveis, net, tv só a pb...havia a "moda", muitas das vezes com o apoio dos professores, de arranjar correspondentes de outros países.
    Cheguei mesmo a escrever a uns amigos alemães(!!)...eu escrevia em português e eles em alemão :)) eu pedia a uma amiga que sabia alemão para ler as cartas, e eles pediam a um emigrante português para fazer o mesmo.
    ;)
    O teu post fez-me recordar esta amizade, da qual guardo lindos momentos de leitura e partilha que ás vezes me levavam a sonhar...sonhar com uma viagem.

    Essa viagem nunca se realizou, mas estão e estarão para sempre no meu coração aqueles amigos ...A Petra e o Ralph de quem ainda hoje guardo as cartas.

    Gostei ;)

    Tudo de bom

    ResponderEliminar
  36. Querida Susana não tem que pedir desculpas a ninguém... A sua vida real está a precisar de toda a sua dedicação e atenção não pode ficar em suspenso, a virtualidade pode suspender-se por um tempo sem definição.
    Desejo com todas as minhas forças que todos esses problemas que a afectam e perturbam muito, principalmente a doença da sua mãe, estejam num caminho de grandes mudanças para melhor.
    A saúde é um bem primário, sem ela tudo o resto perde a "cor".
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  37. Querido Gaspar gostei imenso de "conhecer" a sua "obra-prima" ela devia deixar que a "captasse" mais vezes.:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  38. Querida Menina muito obrigada por deixar aqui uma marca da suapassagem e a foto de um dos seus amiguinhos reais:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  39. Querida CF este meio tem perigos imensos, com toda a minha sabedoria de vida (pensava eu) deixei-me envolver numa situação que teve um desfecho muito desgradável e que me fez sofrer um bocado, mas aprendi e hoje sou mais cuidadosa.
    Compreendo perfeitamente a sua preocupação de mãe, mas está alertada e isso é uma primeira barreira. Nem todas as pessoas são verdadeiras, põem no "papel" um eu totalmente disfarçado, mas com o tempo vamos aprendendo a ler esses sinais...
    Se um dia nos encontrarmos penso que não vamos ficar surpeendidas, se ficarmos é para melhor certamente:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  40. Querida Gata :):):) Conhecê-la foi um prazer imenso...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  41. Querida C*inderela o bem que lhe quero é totalmente desinteressado,"conhecia-a" "atrapalhada" com a tese de mestrado, agora anda atarefada com os preparativos para o casamento..."vejo-a" feliz, em paz e apaixonadíssima... Tudo isto me dá alegria:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  42. Querida Manjedoura algures no éter os nossos pensamentos cruzaram-se.
    beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  43. Querida Marlene que saudades tenho da sua poesia! Não pensa em regressar?
    Obrigada por ter passado por aqui...
    Quanto a armadilhas elas existem sim, infelizmente, mas muitos de nós vão detectando-as e evitando-as.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  44. Querido Touro há quanto tempo...
    Não pensa em regressar? A que "estava acima de todos" desapareceu...sem justificação:):):) O tempo de antena estava mais do que saturado com a repetição.
    Como estão as suas crianças?Volte sempre!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  45. Querido Aflores eu também entrei numa dessas!
    Tinha um correspondente brasileiro, o Mário, um fancês o Pierre e uma inglesa a Margaret, era através de uma "instituição" qualquer em que nos inscrevíamos...Não tenho "provas", a minha mãe adorava deitar fora papelada...
    Já não fui a tempo de salvar os meus "Cavaleiros Andantes" que deixei ficar guardados no sótão, com outras relíquias, quando me casei :):):) Não sei a que propósito isto veio mas também não faz mal:):):)
    Que belas recordações!
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  46. As minhas melhores amigas conheci-as através do blogue... e como são de longe, a virtualidade preserva os laços. E que fortes são esses laços!

    ResponderEliminar
  47. E quando temos a sorte de conhecer os amigos como eu tive no Verão? Falamos como se já nos conhecêssemos há anos! Tanta sintonia!

    ResponderEliminar
  48. Querida S* comigo isso não aconteceu porque a diferença entre as nossas idades é enorme, as minhas melhores amigas já o são desde a minha infância, nem sei como as conheci, os nossos pais já eram amigos. Mas tenho grandes amigos por aqui...alguns já se tornaram reais e que bom que isso é!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  49. Querida Pitanga eu já conheço alguns...para mim é mais fácil estamos perto. Quem sabe se no próximo Verão quando voltares não nos vamos conhecer? O mundo está em constante rotação:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  50. Eu não tenho amizades virtuais (também não tenho muito tempo para me dedicar ao blogue) mas é sempre bom receber comentários simpáticas de pessoas que nem conhecemos!:-)

    ResponderEliminar