quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A CORDA


Quando nasceu, uma das suas fadas madrinhas,  presenteou-a com uma corda, não uma vulgar corda,  como as fabricadas em qualquer  cordoaria, é  uma corda muito especial, é mágica. Tem poderes que lhe  permitem alongar-se, em sintonia com o movimento do pêndulo do relógio centenário, relógio  que canta as horas e as meias horas, um canto que a acalenta e a faz recuar, num passeio em que vai acompanhada por momentos de felicidade, aos tempos que foram ficando para trás.
Esta  corda tem um “mas”, não cresce apenas, também se enrola, contorce, cria nós,... Ela tem como missão mantê-la esticada, missão  que tem sido matizada com vários graus de dificuldade. 
Tem sempre completado a missão!
Neste momento a corda tem um nó,  um nó muito diferente de todos os nós que lhe têm sido familiares, um  nó que deve ter um truque, um truque possivelmente mágico, … ela tem passado dias, horas, minutos e segundos, a tentar desfazê-lo, a estudar a corda.
Não vai desistir! Ela não é pessoa para virar as costas às dificuldades, mas o malvado do nó, está vencendo as resistências dela!

38 comentários:

  1. Maria Teresa... fiquei com um "nó no coração" ao ler esta deliciosa alegoria...

    Espero que as dificuldades de que fala se desvaneçam... que finalmente consiga desfazer esse nó que lhe está a fazer esgotar as suas energias.

    Um abraço apertado e sentido.
    :)

    ResponderEliminar
  2. Querida Orquídea não é uma questão de saúde, não estou a combater uma doença felizmente.
    Estou "envolvida" numa situação que me preocupa muito, que me causa sofrimento psíquico.
    Agradeço as suas palavras, sinto que são sentidas, mas por favor não fique preocupada.
    Hesitei em escrever este texto mas ao fazê-lo dei um passinho em direcção ao "truque" que envolve o nó! Partilhar é muito bom e na blogosfera ainda melhor, quando os "problemas" envolvem assuntos com algum grau de confidencialidade.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  3. Penso que sei ao que te referes. Espero que a situação esteja controlada. Desejo o melhor do mundo para todos os envolvidos.
    e adorei o teu texto, MARI TERE
    kis:=(

    ResponderEliminar
  4. Que possa aliviar o um pouco a pressão do "nó" ao deixar 1 grande Beijo dos Alpes...

    ResponderEliminar
  5. Bem vinda de volta! Já estava com saudades!
    Tenho a certeza que esse nó se vai desfazer num instantinho!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Cara Maria Teresa, não é fácil aconselhar sobre
    como desfazer um nó complicado...
    Mas pegue numa ponta e analise-a como (passado)
    pegue na outra e veja-a (como futuro) de seguida inexorávelmente corte o nó a meio que
    representa o presente...
    Finalmente guarde apenas a ponta que representa o futuro. Pelo menos o esperito ficará mais leve e a esperança, quem sabe... renascerá.
    Beijinho, cara amiga.

    ResponderEliminar
  7. Que as dificuldades se desvaneçam desvaneçam rápido, persistência é o meu conselho...e o tal de nó há-de ceder...
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Já é muito bom sabermos que o assunto não de saúde, a partir daqui levando mais ou menos tempo, acredito que tudo se resolverá!
    Pegar nas "pontas" e com muita paciência começar a "desembaraçar"....
    Felicidades! xx

    ResponderEliminar
  9. Para desfazer o nó, é preciso primeiro acreditar que é possível, e isto é realmente, possível.
    Buscar a calma para pensar com serenidade e analisar todos os pontos com tranquilidade, assim pouco a pouco a solução irá aparecendo.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  10. Não parece nada fácil desatar esse nó, mas vou torcer para que rapidamente seja resolvido.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar
  11. Resistir resistir

    é preciso
    Na vida tudo se move

    ResponderEliminar
  12. Maria Teresa, Sei que o vai conseguir desatar. A dificuldade pode estar no tempo, mas vai fazê-lo de certeza...
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Tudo leva a crer que se trata de um nó górdio.
    Em geral "desata-se", cortando-o. Mas como não estou no segredo dos deuses, o melhor é eu não dar conselhos, mas sim dar-te as boas vindas, depois desta ausência de séculos, o que prova que a tua ausência é sentida e a tua presença desejada.
    Um beijo, daqueles que se desatam com facilidade.
    :)

    ResponderEliminar
  14. Ah menina! Que corda foi essa, que te amarrou assim? Se não te fizesse diferença, deixavas para lá o nó, e seguias em frente. Mas deve fazer e muita. Então, vai tentando pelas beirinhas das pontas da corda. Por vezes, puxa-se só um dos lados ( ou cede-se) e o nó se desfaz...se é que me entendes.

    Beijos e um mantra para acalmar, vai bem. Oooooommm!

    ResponderEliminar
  15. Acho que com engenho e arte, cuidado e carinho, ela desenvencilha esse nó.

    ResponderEliminar
  16. Confesso que já apanhei uns nós...daqueles que nem com óculos me livrava deles :))))

    Tudo de bom!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Tu tens, pela tua experiência e sobretudo pela tua perseverança, as condições necessárias para desatares todos os nós, os teus e os de quem te são próximos.
    Já sabes,se for necessário alguém para te dar alento, conta comigo.
    Beijo especial.

    ResponderEliminar
  18. Nada resiste à perseverança e determinação! Força!

    ResponderEliminar
  19. Mas há nó que ela não desate? Era só o que faltava!
    A vida já a presenteou com vários e ela...?
    Ela resiste!
    E vai insistindo com muita inteligência e tacto, e vai desfazendo os nós, todos.

    Excepções? Nem pensar!

    Beijinho SAEM embrulho.

    ResponderEliminar
  20. Amiga Maria Teresa,

    O que posso dizer-te? Cada um sabe de seus nós...Às vezes são tão apertados, que dificilmente conseguimos desatá-los...então quem sabe seja necessário cortá-los para seguir adiante...

    Uma beijoca carinhosa,
    Neli

    ResponderEliminar
  21. Minha amiga maria Teresa
    esses nós da vida surgem para nos desafiar, somente...testar, tornar mais fortes e criativos!!!
    Amiga, há nós que não se desatam...eles j+a existem assim in natura...a solução pode ser deixar o tempo trazer a resposta, afastar-se do nó para ver mais claramente os seus contornos...talvez!!! Suposições de quem não está dentro desse nó :)
    bjs grandes querida

    ResponderEliminar
  22. Há nós dificeis de desatar. Existem apenas par nos desafiar.Alguns ficam encravados na garganta e esses são sempre os mais difíceis de desatar.

    ResponderEliminar
  23. Os nós da vida... os laços do destino...

    ResponderEliminar
  24. Lembra-te de Alexandre o Grande e do nó górdio. Beijoca!

    ResponderEliminar
  25. Olá Mª teresa, ainda o malvado nó! vai uma ajudinha? Espero que esteja tudo bem..
    Bjs

    ResponderEliminar
  26. Então? Ainda continuamos com o nó?!

    mau mau ;):)

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  27. Será a corda que prende o pescoço de Portugal?!

    ResponderEliminar
  28. Por onde andas?

    Estou tristinha.

    Beijinho desembrulhado, muito desembrulhado.

    ResponderEliminar
  29. Saudades...

    Um Feliz Natal
    perfumado de amor
    paz e saúde!
    ¸/\ღ/\¸
    (=•_•=) Feliz Natal
    .*•.¸.•*
    ღ♥*♥ღ.•*¨) ҉ ˛**. ˛*.。˛. *☆҉

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  30. querida Maria Teresa
    estqrei ausente da blogosfera, talvez de forma permanente, mas não quis seixar de passar por aqui nesta altura para lhe desejar um Feliz Natal rechado de amor, paz e saúde.
    Abraço e bjs

    ResponderEliminar
  31. Querida Maria Teresa,

    Passo para te desejar,juntamente com teus familiares,um Feliz Natal.
    Bem sei que ando fugida,mas espero em breve ter um pouco mais de tempo...era bom que fosse umas das prendinhas do Pai Natal :))

    Bjinho cheio de luar

    ResponderEliminar
  32. Aproveito para desejar um Feliz e Santo Natal

    http://utopiarealista.blogspot.com/2011/12/feliz-natal.html

    ResponderEliminar
  33. Querida Maria Teresa,
    Desejo-lhe um feliz Natal e Bom Ano Novo! Que esse nó se desate rapidamente!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  34. Belo texto,bem escrito,uma corda às vezes pela utilidade que se dará a ela pode ser um belo presente. Abraços poéticos.

    ResponderEliminar
  35. Neste dia mundial da PAZ venho desejar um

    ……………¨♥*✫♥,
    ………,•✯´………´*✫
    …….♥*……………. __/\__
    .….*♥…………….....*-:¦:-*
    …¸.•✫…… FELIZ ANO NOVO!!!!
    ...*♥...........................¨♥*✫♥........
    .,•✯´................................,•✯´.......

    Muitos beijinhos para ti Maria Teresa

    ResponderEliminar