segunda-feira, 24 de outubro de 2011

SOMOS UM PILAR

O texto que se segue foi escrito pela Helga, autora do blogue Planícies da Memória , com a devida  autorização e o meu MUITO OBRIGADA, transcrevo-o na íntegra (mudei a imagem, não porque não gostasse da que ela publicou mas para dar um pequeno cunho meu). Ao lê-lo senti-me retratada e sei que nunca conseguiria descrever  este desabafo de uma forma tão perfeita, tão bela, como a Helga o fez...




"Somos um pilar. Forte e indestrutível. Sólido como uma rocha. Aguentamos tempestades, aturamos demências, consolamos tristezas, perdoamos ofensas e no final do dia sorrimos. Sorrimos porque nos habituámos a sorrir perante as adversidades. Sorrimos porque é a única forma de as vencer. Habituámo-nos a ser fortes. Habituámos os outros à nossa força. Porém um dia, sem razão aparente, não conseguimos sorrir. Não conseguimos ser fortes. Choramos por tudo e choramos por nada. As demências dos outros aborrecem-nos e as ofensas magoam-nos. Precisamos de um abraço. De um sorriso. De uma palavra de conforto e compreensão. Mas somos um pilar. Forte e indestrutível. Sólido como uma rocha. Somos culpados. Habituámos os outros à nossa força e nunca à nossa fraqueza. Lidamos com as fraquezas de todos e no entanto ninguém sabe lidar com as nossas. Desconhecem-nas. Esperam que sejamos fortes como sempre fomos. Que nos ergamos sozinhos. É o que fazemos. É no auge da nossa angústia que reconstruímos o nosso pilar.  É no meio dos destroços que se ergue a nossa força. Precisamos dela. Para consolar quem não nos consola. Para compreender quem não nos compreende. Precisamos de continuar com a farsa em que todos acreditam. Incluindo nós..."

Helga

36 comentários:

  1. Há que ter em conta a erosão, que lixa a mais resistente das pedras, já para não falar do ditado "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura, ou pelo menos molha".

    ResponderEliminar
  2. Maria Teresa,
    Mesmo os pilares mais fortes precisam de conservação. E é tão bom termos isso presente...
    beijinho

    ResponderEliminar
  3. E não é o que fazemos todos os dias? viver? seja uma ilusão seja a realidade? E não que é que a realidade por vezes é ilusória? entao vivamos assim e aceitemos
    kis .=)

    ResponderEliminar
  4. Querido Rafeiro com o humor que te é característico, tens toda a razão:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  5. Querido Tio e quanto mais velhos são ... maior tem que ser a conservação:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  6. Querido Avogi não acho que se faça isso todos os dias, há quem nunca faça. Há quem esteja sempre à espera que os outros sejam os pilares e eles continuam a ser as lapas, as algas, as heras ... que a eles se agarram...sem pensarem que o pilar, tal como o Tio disse, às vezes, precisa de "obras" de conservação, caso contrário soçobram em ruínas.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  7. Os Pilares são "obrigados" a ser fortes e muitas vezes ninguém lhes dá valor, mas quando um se avaria...toda a estrutura treme!
    Gostei muito do texto e identifiquei-me bastante com ele,os "Pilares" são muito sobrecarregados era bom que todos se preocupassem um pouco mais com eles :)

    ResponderEliminar
  8. Somos um pilar. Forte e indestrutível
    ------
    Valha-nos isso. É que há pilares que desmoronam como castelos de cartas.
    ---
    Felicidades

    http://de-proposito.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Querida Papoila é exactamente isso que penso...
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  10. maria teresa,

    Só que os pilares não são indestrutíveis.
    Só que os pilares necessitam do suporte que os sustente.
    Só que os pilares têm que mostrar as suas fragilidades...
    Sob pena de ruirem!

    Quantas(os) de nós não somos culpadas(os) de
    esconder os nossos sentimentos, as nossas fraquezas?

    Beijinho SEM embrulho.

    ResponderEliminar
  11. Querido Propósito obrigada por ter passado por aqui e deixado uma "pegada"...Porque é que os pilares se desmoronam?
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  12. Querida Terezocas o texto fala nisso, não se saber dizer parem, não se saber tirar a "máscara" e dizer olhem para e por mim...
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  13. Somos um pilar, mas até a pedra se desfaz...

    ResponderEliminar
  14. Querida S* sem dúvida...mas é preciso que se dê por isso, antes que se dê um grave "acidente".
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  15. Maria Teresa:
    Eu também me identifiquei e fiquei emocionada com este desabafo da nossa amiga comum Helga, que é uma das pessoas que melhor escreve por aqui.
    Beijinhos às duas

    ResponderEliminar
  16. Querida Fê-blue, a Helga é uma senhora muito serena e sim, é das que melhor escreve e descreve "sentires".
    Eu mudei a fotografia porque nisso penso que sou diferente dela, ela é "água e ar",eu sou "fogo e terra".
    Devo ser mais agressiva nas "apreciações" visuais.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  17. A propósito de pilar, saltou-me à memória uma frase outrora muito batida nos meios patobravísticos. O local porém não me deixa escrevê-la aqui para memória futura. :)
    Portanto vou-me limitar só ao pilar e não ao resto.
    E estou com muitas dúvidas que eu seja um pilar, pelo menos um simples pilarete de betão armado ou de ferro. Se for alguma coisa do género é mais do tipo coluna gótica, daquelas que sustentam as abóbadas. :)
    Não faço a coisa por menos.
    Chuac!!!! (Olha, agora fui capaz!) :)

    ResponderEliminar
  18. Minha querida, também me "vi" neste lindo texto. às vezes acho que sorrio porque...não posso perder o "estatuto".
    Beijinho

    ResponderEliminar
  19. Já tinha lido o texto em casa da Helga. Gosto muito de a ler, porque escreve bem e com sentido.

    ResponderEliminar
  20. Querido Carapau és mesmo um...uma coluna gótica:):):)
    Deve ser da idade!:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  21. Querida Autora é "feitio" não é defeito:):):) Penso até que é uma qualidade que é muito "cara"!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  22. Querido Carlos sou da mesma opinião! Sabe transmitir, muito bem sentimentos...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  23. Gostei e identifiquei-me bastante com este texto, por vezes acho-me um "pilar" bastante sobrecarregado...
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Passo para lhe agradecer o carinho com que partilhou este meu desabafo, escrito num momento de grande fragilidade, um momento em que pensamos estar sozinhos no nosso lamento, mas quando olhamos melhor em nosso redor percebemos que há muitos mais pilares à nossa volta do que à primeira vista parece.
    Um grande bem haja pela compreensão e sobretudo pelas palavras, que confesso, me emocionaram e me reconfortaram bastante.

    Um beijinho grande e continue forte!

    PS: Um beijinho também para a Fê e para o Carlos Barbosa, que me deixaram sem jeito com a sua simpatia.

    ResponderEliminar
  25. Um desabafo muito bem escrito.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  26. Querida Lilá(s)acredito que seja. Mas com este desabafo da Helga,que muitos de nós sentimos como nosso, é uma realidade de muitas vidas, devemos começar a aprender a "defender-nos"...
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  27. Querida Helga eu é que me sinto honrada por me ter deixado partilhar consigo e com os meus seguidores este seu momento de fragilidade.
    Creio que todos os que por aqui passaram sentiram o mesmo!Conte connosco!
    Muito obrigada!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  28. Querido Élys e que nos "toca" a todos!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  29. Querida Maria Teresa,

    Gostei muito de ter o privilegio de ter lido este maravilhoso texto da Helga atravéz de si.Obrigada!
    Tambem eu posso dizer que me revi nestas palavras tão verdadeiras.Porque na realidade somos um pilar,mas com todas as fragilidades posiveis...mas muitas vezes não somos entendidas e reconfortadas como realmente precisavamos....no entanto...somos sempre um pilar forte e robusto.
    Uma vez mais o meu Obrigada ás duas pelo lindo texto.

    Bjinho cheio de luar

    ResponderEliminar
  30. Um texto que leva muitos leitores, com a devida vénia, a "assinarem por baixo".

    Gostei!

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  31. Concordo consigo.
    Devemos começar a "defender-nos".
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  32. Que maravilha! Amei.
    É muito bom visitar seu cantinho.
    Ale

    ResponderEliminar
  33. Querida Moonlight sem dúvida que a Helga está de parabéns e eu fico contente por a ter trazido até aqui,assim este desabafo chegou a mais pessoas.
    Muito obrigada!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  34. Querido Aflores é mesmo "isso" que afirmas.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  35. Querida Kao temos que interiorizar que também temos as nossas fraquezas, se não nos defendermos acabamos por cair...e não sabemos até quando!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  36. Querida Ale é bem-vinda! Muito obrigada!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar