quinta-feira, 26 de maio de 2011

DANÇANDO

Nunca esteve nos meus sonhos dançar, no final de um lindo dia de Primavera, já com um cheirinho a Verão, ao som de música country, no mini-jardim do meu Refúgio… conduzida por um homem que faz o meu coração bater mais depressa… (o dele também bate)
Senti-me transportada para a época em que a vida me sorria com lábios da cor de pêssegos maduros e cheirava a maçãs acabadas de colher, em que acreditava em fadas envoltas em vestes diáfanas, em príncipes montados em cavalos brancos e que as histórias de amor tinham sempre um final feliz…



Nem tudo está maravilhosamente encarrilhado, seria uma utopia pensar isso, mas estamos muito empenhados em que os carris fiquem paralelos e haja poucos acidentes no percurso.
Não somos jovens (ambos pagamos bilhetes para seniores em determinados locais), temos experiências de vida muito diferentes mas… ambos desejamos fervorosamente que dê certo.Conversamos muito, bebendo avidamente as lições de vida que ambos possuímos, temos personalidades muito vincadas, como consequência das nossas profissões, fomos habituados a “comandar” e a “moldar” pessoas, somos um pouco “mandões”…

Enquanto o bem-estar nos envolve, o sorriso permanece nos nossos lábios e nos nossos olhos, …dancemos!

Nota: E o idiota do computador não aceita a cor azul no texto

32 comentários:

  1. Se calhar o computador também anda com a cabeça nas nuvens :))Carris paralelos convém senão ainda algo descarrila. rrsss E os Verões não foram feitos para dançar no jardim?? Se calhar foram :) Beijinhos bailarinos

    ResponderEliminar
  2. a preto nao fica mal MARI TERE e ...dança muito nunca deixes de dançar e acima de tudo aproveita os pequenos momentos enquanto nao chegam os grandes
    kis .=) estou feliz por ti muito mesmo. mereces cada instante

    ResponderEliminar
  3. Vim deixar um abraço e desejar que essa felicidade perdure enquanto o sorriso permanecer e que seja pra sempre e todo dia.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. rs rs rs E precisa? Tudo já não está azul?
    Um beijo grande

    ResponderEliminar
  5. Querida Eva estou mesmo nas nuvens...mas tenho algum receio que procuro afastar com um espanta espíritos... Fez-me rir:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  6. Querido Pinguim espero que sim em relação a muita coisa:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  7. Querida Avogi estou fazendo isso, aproveitando cada gotícula daquilo que me faz feliz...
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  8. Querida Lis muito obrigada pelos teus votos!
    Não consigo entrar no teu blogue, para além da "falta de tempo" também o computador me está a pregar algumas partidas.
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  9. Querido Paulo, azul, cor-de-rosa, verde, amarelo,...rsrsrsrsrsrsrs
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  10. Uau, fique de queixo caído, que texto tão bonito!!!
    Abraço doce querida Maria Teresa
    Continue assim que bem merece
    Com carinho
    Sairaf

    ResponderEliminar
  11. Eu diria que já está tudo bem cor-de-rosa!!! ;) Que perdure essa felicidade! :D Beijinho querida Maria Teresa

    ResponderEliminar
  12. Como este mês de Maio (das flores e dos amores) manda umas chuvadas de vez em quando, bem podemos dizer que temos uma dança à chuva. (Singing in the rain...)
    Como não quero ser chamado outra vez de exagerado, termino com um prognóstico.
    Nada como dois mandões para se entenderem. (E disto sei eu).
    :)
    Bjo.

    ResponderEliminar
  13. Querida Maria Teresa, isto aqui é um arco-íris.

    Olha, pede ao cavaleiro montado em seu cavalo que te desenhe, no ar, corações. É pra nunca mais esqueceres e completa o quadro divinamente.

    Beijos...e eu sempre a dar corda, não e´?

    ResponderEliminar
  14. "Dance bem, dance mal, dance sem parar" sugeria a Rita Lee há uns anos...eu acrescentaria: dance à chuva, dance ao sol, por "carris paralelos", histórias de vida entrelaçadas... e tudo, e tudo, e tudo! Segredinho (hihihi): gosto de pessoas "mandonas" :-) Beijoooo...Desembrulhadíssimo, como sabe!

    ResponderEliminar
  15. Fico muito feliz, Maria Teresa! Muito mesmo:D Muito boa sorte com essa etapa tão boa, e acima de tudo: aproveite!:D Beijinhos*

    ResponderEliminar
  16. Gostei dessa ideia da dança no jardim, que maravilha! e desejo que tudo continuo com aroma doce da primavera.
    Fico feliz
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Minha querida
    o seu (a)humor é contagioso!!!lol
    Doi mandões é o que está a dar...e qd surgir uma zanga mandona...convide "let's dance???"
    Assim não há como continuar zangado...
    E só lhe digo uma coisa, ter oportunidade de amar, sendo senior (como você diz) é algo que muita gente nunca terá!!! Isso é um privilégio que a vida lhe está a dar e deve agarrá-lo (a ele tb, claro) com unhas e dentes...(aqui cabem os vários significados que queira ler...lolol)
    Beijinhos grandes e FELICIDADES

    ResponderEliminar
  18. CBO
    Eu sempre disse que o azul é a cor mais bonita do mndo e aúnica que nos faz felizes.
    Tudo de bo para si

    ResponderEliminar
  19. Querida Sairaf a sua enorme ternura bem em evidência...e eu a beneficiar dela:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  20. Querida Buxexinhas e eu enviando ondas de ternura para si para que sinta algo semelhante ao que estou sentindo.
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  21. Querido Carapau com a declaração salomónica fiquei muito mais serena...:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  22. Querida Pitanga uma "corda" que não prende...solta:):):)
    Beijinhos embrulhados para ti!

    ResponderEliminar
  23. Querida Tela não sei que lhe responder apenas lhe digo que estou escrevendo estas palavras e estou com um sorriso enorme estampado na cara (devo estar com cara de parva):):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  24. Querida Adek vou seguir o seu conselho:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  25. Querida Lilá(s) até parece que o jardim está mais florido:):):)
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  26. Querida CF acredita certamente que nem eu sonhava poder voltar a sentir-me como me sinto? Sei que pode ser um fogo fátuo mas enquanto estou nas "nuvens" vou aproveitando, ó se vou!
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  27. Querido Carlos vou acatar a sua opinião rsrsrsrsrs
    Beijinhos embrulhados para si!

    ResponderEliminar
  28. Embora não espantasse o amor, eu não abdicaria da minha liberdade por nada...
    Grilhetas, nunca mais.
    Kao.

    ResponderEliminar
  29. Poetas, não se intitulam apenas poetas...
    São seres estranhos, diferentes.
    Possuidores de melancolia pungente
    Nascem com o dom das palavras

    A maldição do sentir extremado
    Do sofrer demasiado
    Do viver o sonho de amor
    Com lancinante e extrema dor

    Não sabem amar suave e sereno
    Amam com todo o âmago, ao extremo.
    Dedicam-se assim, por dias, noites,
    Meses e anos sem fim

    Mas como a vida é feita de escolhas
    E na indiferença, na troca, sentem o desamor,
    Mesmo compondo os mais belos versos
    Inspirados que estão em seu espírito sofredor

    Optam por parar de querer,
    O que jamais poderão ter.
    E como suas almas são predestinadas,
    A escrever, escrever e mais nada,

    Buscam nova inspiração,
    Novas rimas, outra canção.
    O poder do amor, um novo alguém,
    Uma nova jornada!

    ResponderEliminar
  30. ...e eu gosto tantoooo de sorrisos estampados no rosto...porque só nós próprias sabemos o motivo! Beijo Desembrulhado ;)

    ResponderEliminar
  31. Cara Maria Teresa
    Nunca é tarde para AMAR.
    Vejo que reencontrou a FELICIDADE e isso deixa-me feliz também.
    Bjs
    Gaspar de Jesus

    ResponderEliminar